quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Farinha do mesmo saco?

Jornal Correio do Estado - Sonegação no País quase empata com carga tributária
A sonegação de impostos no País tem quase a mesma proporção da carga tributária. Para uma carga que beira os 35% do Produto Interno Bruto (PIB), a sonegação é da ordem de 30%. A projeção é do professor de finanças públicas licenciado da Universidade de São Paulo e presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial - Etco, André Franco Montoro Filho. Para chegar a essa conclusão, ele considerou informações de cinco setores que integram o instituto – combustíveis, fumo, medicamentos, bebidas e tecnologia – e projetou os dados para a economia. Nesses setores, a sonegação chega a 30%.

Jornal Folha de São Paulo - Planalto pressiona Renan a sair do cargo se for absolvido
O Palácio do Planalto tem pressionado o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a se licenciar do cargo caso seja absolvido em plenário na quarta-feira, segundo reportagem da edição dominical da Folha (exclusiva para assinantes do jornal e do UOL).

Jornal Zero Hora - Adolescente morre após briga em frente a bar em Novo Hamburgo
Uma briga em frente a um bar na rua Tramandaí, em Novo Hamburgo, terminou em tragédia na noite de sábado. Por volta das 22h30min, o adolescente Cleber Pereira Madril, de 17 anos, foi morto com uma facada no peito. O jovem chegou a ser levado ao hospital da cidade, mas não resistiu ao ferimento.

Agência ECO - Liminar da Justiça proíbe loteamento em área de preservação ambiental em Porto Alegre
Área próxima ao Morro Pelado foi interditada e Justiça foi acionada para impedir a comercialização de lotes e novas moradias. A Procuradoria-Geral do Município (PGM), através da Gerência de Regularização de Loteamentos, obteve ontem, 4, uma liminar judicial que impede a comercialização de lotes e a construção de moradias numa área de preservação ambiental localizada no Bairro Partenon.


Será que não somos todos capazes de cometer os mesmos erros em favor de nossos próprios interesses, da nossa própria cobiça? Será que se estivesse em jogo a vista da nossa casa, não compraríamos um terreno em loteamento proibido? Quantas vezes fomos capazes de palavras duras em discussões inúteis? Quem nunca praticou o famoso "jeitinho brasileiro"? Será que não somos todos farinha do mesmo saco?
A palavra relata em Romanos 3:10 que Deus olhou para a terra e não viu um justo sequer.
Mas a graça revelada em Jesus Cristo tornou possível uma mudança profunda no caráter daqueles que buscam a Deus. E aí, fica fácil de dar um bom exemplo, porque este exemplo não é uma máscara, mas um reflexo do nosso interior renovado na graça salvadora de Jesus, capaz de contaminar outros a seguirem o mesmo exemplo.



INDIQUE O BLOG DA ESTAÇÃO CAMPO GRANDE