quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Caminho da Graça é lugar de encontro




Encontro da “vida com sabor de Graça”.
E da “Graça com sabor de vida”.
Encontro de pessoas com pessoas.
Encontro de gente com gente.
Encontro de seres humanos com seres humanos.
Encontro de pessoas consigo mesmas, na expectativa de que este encontro, seja menos dolorido, mas, que seja curativo, terapêutico, saudável.

Que seja um confronto consigo mesmo que produza resultado na vidapara a vida com Graça.
Encontro de pessoas com a simplicidade do Evangelho, que, em lendo e meditando no Evangelho, descobrem a beleza, a suavidade, a leveza das palavras de Jesus e se sentem seduzidas a segui-Lo.
Encontro de pessoas que desejam ser, nada alem de discípulos de Jesus e viverem com responsabilidade o Evangelho da Graça.
No Caminho da Graça, onde estes encontros acontecem, acontecem outros tantos encontros que determinam toda a dinâmica e a razão de existir do Caminho
No Caminho da Graça, os encontros são embriões de possíveis e bem-vindas “amizades espirituais” tão raras e tão necessárias em nossos dias.
No Caminho da Graça, os encontros são informais, interativos, simples, leves, ecléticos, pois, entendemos que estes ingredientes são indispensáveis para um “ambiente favorável” para se estabelecer novos vínculos de afeição, amizades, amor, compaixão e real comunhão com pessoas e com Deus.
No Caminho da Graça, os caminhantes são encorajados a, em entendendo o Evangelho da Graça, segundo suas próprias consciências e submissos ao Espírito Santo, viverem este Evangelho da Graça, na sua plenitude e voltarem a ser pessoas normais, isto é, ser gente como gente deve ser serem humanos, pois, quando Deus decidiu se aproximar de nós, se humanizou se encarnou e habitou entre nós e ai então “vimos a sua Gloria”.
No Caminho da Graça, somos estimulados a, se tivermos que radicalizar em algo, radicalizaremos na graça, no amor, no perdão, na paciência, na compaixão, no acolhimento irrestrito, no “caminhar mais uma milha”, no doar, no entregar também a capa e isso para com todos sem acepção que desejarem abraçar ou re-abraçar a fé cristã.
No Caminho da Graça, todos descobrimos e reconhecemos que o lugar mais seguro para se estar no universo é, debaixo da Cruz de Cristo. Somos encorajados a correr para este lugar, todo tempo e o tempo todo e ali, aos pés da Cruz, vamos nos transformando até que todos cheguemos a estatura da plenitude de Cristo, nos parecendo cada vez mais com Ele que é o propósito final de Deus em nós
No Caminho da Graça, temos nos encontrado, reencontrado e reconhecido a presença de Deus para alem dos estereótipos religiosos, padrões religiosos, tradições religiosas. Temos descoberto que Deus não é propriedade exclusiva de nenhuma religião, pois Ele é livre e absolutamente soberano.
No Caminho da Graça, até um desencontro pode se tornar um encontro, à medida que os desencontrados se encontrem e são encontrados e juntos celebram o encontro na Graça com alegria, liberdade, sensibilidade e compromisso.
No Caminho da Graça, todos nos encontramos uns com os outros e com Deus, com sua Graça, pois, Ele em Cristo disse: “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome ali estarei”, portanto, juntos celebramos sua presença e afirmamos que Nele, Jesus de Nazaré, Deus se reconciliou com a humanidade e a todos perdoou e todos são convidados a participar desta mesa, a mesa da Graça.

QUE LUGAR É ESTE?
O que é importante refletir é que este “lugar” não é necessariamente um “lugar geográfico fixo” O Caminho da Graça é um lugar de encontro de pessoas, portanto, onde estes encontros acontecerem, sendo “mediados” pela graça, isto é, pela presença do Cristo Ressuscitado, ali está o Caminho da Graça.
Aqui na capital paulistana, estes encontros ou muitos dos caminhantes se encontram aos domingos 10 na Lins, mas, falo por mim e sei que poderia falar por muitos dos caminhantes. ao sairmos da Lins, entramos na roda viva da vida que nos conduz a tantos encontros onde a graça mediadora faz destes lugares Caminhos Graciosos. Por exemplo, nesta semana que estamos encerrando, o Caminho da Graça, para mim, aconteceu... em vários ambientes como no Shoping Santa Cruz, Shoping, Paulista, Padaria Letícia, Fnac, Cemitério Jaraguá, aqui em casa, no telefone, na internet, via MSN, orkut, e-mails, enfim, tantos foram os lugares onde o Caminho da Graça se instalou e mesmo em encontros rápidos ou longos, alegres, tristes, tensos, leves..percebi a graça do Pai..aspergindo, respingando, lubrificando, mediando, acalmando, confrontando, curando, consolando, cuidando. Isto é o Caminho da Graça, este lugar, eclético, onde dois ou 10 ou 100. Seja quantos forem, podem se encontrar e se restaurar.
No Caminho da Graça, não há fixidez, não há padrões rígidos, regras inflexíveis, cobranças implacáveis, palavras ásperas, gritos hostis.
No Caminho da Graça há, acolhimento, abraço, beijo de bem-vindo de adeus. Há perguntas sem respostas. Há alegria e choro. Enfim, há a normalidade da vida à qual fomos chamados para viver intensamente.

AONDE O CAMINHO DA GRAÇA QUER CHEGAR?
A lugar nenhum, porque o Caminho da Graça já é; e já está. O Caminho da Graça já é tudo que precisamos e já está onde deve estar. O CG já é...

QUAIS OS OBJETIVOS DO CAMINHO DA GRAÇA?
Só um. Que todos os caminhantes cheguem cada dia mais próximo da imagem e semelhança do Filho, já que esta é a vontade final do Pai Eterno.

E A HORA QUE O CAMINHO DA GRAÇA CRESCER, O QUE VOCES FARÃO?
Nada, pois não há nada que se fazer a não ser continuar fazendo e sendo aquilo que já fazemos e somos, isto é,


O CAMINHO DA GRAÇA.
Carlos Bregantim

CAMINHO DA GRAÇA ESTAÇÃO SÃO PAULO


____________________________________________
Amigo Carlos: Graça e Paz!
A cada dia minha alma encontra descanso, especialmente quando vejo que você, entre outros amigos, mesmo que eu me fosse hoje, com tudo o que já internalizaram e creram, manteriam o “espírito do Caminho” intacto nesta geração — que é a única que podemos objetivamente servir!
Receba meu beijo grato e reverente!
Nele, que nos deu a alegria de trocar os pedigrees da religião pela simplicidade da marca da Graça,

Caio


Extraído do site: www.caiofabio.com.br
INDIQUE O BLOG DA ESTAÇÃO CAMPO GRANDE